ESPECTÁCULOS

Digitalização - cópia.png
Eufemias_1ºDia_26.10-14.jpg

© Beth Freitas

Concerto de Abertura

CRUA (PT)

26 de Outubro (19h00)

Biblioteca de Marvila
Entrada Livre, com reserva de bilhetes

Por entre as ruas cinzentas do Porto, inspirada em convívios nas praças e jardins ou à volta de uma mesa, surgiu uma vontade comum. Cantar. Tocar.
Olhando para a música tradicional, procuramos a identidade e o sentimento como um processo vivo. O repertório é plural, com forte incidência portuguesa, onde o adufe assume um lugar predominante.

CRUA:
Ana Costa
Ana Trabulo
Diana Ferreira Martins
Isabel Martinez
Liliana Abreu
Rita Só

Epopeia_27.10-3.jpg

©  Beth Freitas

Epopeia

A Corda (PT)

27 de Outubro (20h30)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

Espectáculo que relata, através do canto lírico, de textos biográficos e de reflexões artísticas e filosóficas, quatro biografias de mulheres que tiveram de se vestir de homem para poder realizar acções que transformaram a sua própria vida, ao mesmo tempo que marcaram a história de Portugal, ainda que sendo quase esquecidas por esta mesma história, na sua versão patriarcal hegemónica.  

Encenação e Espaço Cénico: Ruben Saints
Dramaturgia e Assistência de Encenação: Elsa Maurício Childs
Interpretação: Carolina Puntel, Diogo Bach, Lea Managil, Rita Carolina Silva, Sara Afonso
Sonorização e Música Original: Lea Managil
Desenho de Luz: Ruben Saints
Figurinos: Atelier Carminho
Produção: A Corda

FestivalEufemia_4DIA-8.jpg

© Beth Freitas

IN(visível)

Marisa Paulo (AO/PT)

29 de Outubro (20h00)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

É uma performance de dança que fala sobre a visibilidade invisível do corpo da mulher africana na Diáspora. Visível pela sua expressão numérica, mas, ao mesmo tempo, ainda invisível no cenário artístico, político e enquanto elemento decisor. Que corpo é esse? Que movimento tem esse corpo? Uma narrativa na primeira pessoa.

Conceito, Criação e Interpretação: Marisa Paulo
Texto: Marisa Paulo
Música: André Soares
Vídeo e Fotografia: Ricardo Campino
Figurino: Joana Ferreira e Marisa Paulo

FestivalEufemia_5ºDIA-20.jpg

@ Beth Freitas

Semillas de Memoria

Ana Woolf (AR)

30 de Outubro (20h30)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

Fala sobre a ausência: a ausência de um pai, a ausência de um corpo para entregar à sepultura e a ausência de pessoas desaparecidas. Mas a ausência gera o seu contrário: resistência, presença e identidade. A ausência é o ponto de partida para construir uma obra que contenha ao mesmo tempo uma mensagem pessoal e um discurso histórico.
 

Encenação e Dramaturgia: Julia Varley (Odin Teatret - DN)

Interpretação e Texto: Ana Woolf (AR-DN)
Cenografia: Elías Leguizamón (AR)

Silencios Persistentes por Ines Galvão Teles4.jpeg

© Inês Galvão Teles

Silêncios Persistentes

Joana Craveiro (PT)

26 de Outubro (21h00)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

É uma performance sobre tudo o que fica por dizer numa conversa, sobre a deterioração das imagens, sobre aquilo que as imagens não contam, e aquilo que irremediavelmente se perde com os que morrem sem nós lhes termos perguntado. E sobre os segredos das famílias. E esta vontade sempre tão grande de reconstituir o que não é reconstituível. Uma performance intimista sobre vozes e memórias silenciadas, à luz de um candeeiro e ao som de uma velha cassete.

Conceito, Investigação, Texto e Interpretação: Joana Craveiro
Produção: Teatro do Vestido

TitaNoPaísDaMaragilha-26 Beth.jpg

© Beth Freitas

Tita no País das Maravilhas

Tita Maravilha (BR)

28 de Outubro (20h30)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

Uma criação artística baseada na fisicalidade subjectiva e no corpo político. No País das Maravilhas, Tita transforma-se, vive aventuras e é confrontada com o absurdo, o impossível, questionando tudo o que aprendeu até ali. O corpo como uma eterna novidade. 

Misturando Alice no País das Maravilhas (Alice in Wonderland), a obra infantil mais conhecida de Lewis Carroll, com a trajectória e intimidade de Tita Maravilha.

Concepção e Performance: Tita Maravilha

Assistência Dramatúrgica: Jaja Rolim 

Desenho de Som: Cigarra

Desenho de Luz: Luisa L'Abbate

Direção Audiovisual: Gadutra

FestivalEufemia_4ºDIA-22.jpg

© Beth Freitas

Concerto

Batuko Ramedi Terra (CV)

29 de Outubro (21h00)

Biblioteca de Marvila
4€ a 7€

Grupo composto por nove mulheres cabo-verdianas valentes, guerreiras, resilientes e determinadas. Integram este festival porque o batuque praticado por mulheres passa pela identificação a ele inerente de aspectos sociais, políticos e culturais do contexto pós-colonial na relação entre Cabo Verde e Portugal e da sua natureza enquanto prática artística de afirmação e integração social e enquanto veículo para manter viva a memória da resistência.

Ramedi Terra:
Ana  Maria Pereira
Maria Rosário Tavares 
Arlinda Dias 
Cristina Rocha 
Deolinda Fidalgo
Filomena Ramos 
Tesesa Teixeira
Erica Ferreira 
Keila Cabral 
Maria Rodrigues 
Maria de Lourdes (Zefémia)

logosfundopreto1.png